No centro do Isolamento
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2004
Ao Martinho
Perturbante a surpresa
Quando o abandono é súbito
E ficamos sem a certeza
Se o desejo é fortuito.
Mas descubro-te o intuito
De te ergueres noutra fortaleza
Onde cravarás nas tábuas
A tua poesia de cigarro
Palavras entupidas de catarro
E a rouquidão das tuas mágoas

VP


publicado por V. Pimenta às 14:16
link do post | comentar | favorito
|

5 comentários:
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2004 às 12:45
Poe o teu blog no mundo dos blogs em http://blogworld.no.sapo.pt e da o teu blog a conhecer a mais pessoalBLOG
(http://blogworld.no.sapo.pt)
(mailto:blog.no@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2004 às 12:41
querido primito João,

quando encontrares bom porto, avisa 'tá? :*sara
(http://cacaoccino.blogspot.com)
(mailto:cacaoccino[nospam]@yahoo.com.br)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2004 às 09:25
Ainda bem que respondeste, não fossem os blogueiros pensar que tivesses morto...lol;)Eh, meus caros. ele simplesmente deixou de postar no blog que fundou...Vitor Pimenta
(http://tamega.blogs.sapo.pt)
(mailto:Pi_menta@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2004 às 16:46
Já agora tu tens msn? se tiveres adiciona-me já tens aí o meu e-mail :)João Martinho
</a>
(mailto:MaRt1nh0@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2004 às 16:44
Sem palavras... agradeço-te muito este tributo! sinto-me obrigado agora a não desapontar... estou a estudar alternativas, para melhorar a minha escrita, e se possível, inspirar mais alguma coisita... :) mais uma vez muito obrigado, vitor, e um abraço muito sentidoJoão Martinho
(http://paradoxo.bravejournal.com)
(mailto:MaRt1nh0@hotmail.com)


Comentar post