No centro do Isolamento
Segunda-feira, 15 de Março de 2004
Deambulação
O corredor é negro e sujo
O odor nauseante
E deambulo porque fujo
Da minha cama angustiante
Em quarto isolado
Onde nidificam bactérias e o calor
Amarras verdes de bolor
Que me prendem ao leito errado.



publicado por V. Pimenta às 16:54
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Anónimo a 17 de Março de 2004 às 18:02
Olha só quem renasceu das cinzas, e voltou do seu sono hospitalar...
Tou a ver que não gostaste particularmente do teu quarto, tens a certeza que queres continuar no teu curso???

Grande abraço.Bugs
(http://www.teoriazero.blogspot.com)
(mailto:bugsxxx@netcabo.pt)


De Anónimo a 15 de Março de 2004 às 17:35
espero q t amarrem ao leito certo ;).ta mto bom o poemaJoão Rodrigues
(http://teoriazero.blogspot.com)
(mailto:)


De Anónimo a 15 de Março de 2004 às 17:18
dasse... ja vou mudar de curso
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 15 de Março de 2004 às 17:12
Para um enfermeiro, ficaste muito marado com o tempo que tiveste lá no quarto 4... Agora só falas na cama... [que suponho que seja a 10...] ;)João Martinho
(http://voandoaderiva.blogspot.com)
(mailto:martx@sapo.pt)


Comentar post