No centro do Isolamento
Terça-feira, 23 de Março de 2004
Frustração
Comprometo-me com o que faço
E fico com as mãos sujas.
A cabeça vazia é causa de tudo
Não sei onde a deixo, onde a perco
E sofrem os que por mim passam
Pelas mãos e pela boca
Nada é digno de ser tocado por mim
Qual Midas que estraga o que toca.
Só espero que isto passe
Que o azar passe
Antes que fique refém da loucura


publicado por V. Pimenta às 17:06
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 21:25
um pouco de loucura por vezes num faz mal a ninguem...
vais ver q irá passar pk tudo é efemero...
abraçoJoão Rodrigues
(http://teoriazero.blogspot.com)
(mailto:agaethis@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Março de 2004 às 14:05
Andas a ter azar, é verdade. Mas isso passa... Sexta sais connosco e esqueces isso:) e leva a juliana;) ehehe

uhubuhhuhuh faltam 2 dias...João Martinho
(http://voandoaderiva.blogspot.com)
(mailto:joao.martinho@sapo.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Foz

momentâneos

Turvo

Turbilhão de nada

iguarias

A QUÍMICA E A FÍSICA DOS ...

Efémera

Excertos

Sentenças...

...

arquivos

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Novembro 2004

Outubro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds