No centro do Isolamento
Sexta-feira, 2 de Abril de 2004
(...Jericó...)
Estou a erguer um castelo
Nos alicerces de teus cabelos
Muralha firme e envergonhada
Que desaba.
Cedo em fendas
Sob o som de trombetas de êxtase
E treme a cidade perdida em meu coração
Na ambiguidade, protegido e vulnerável
Entre o instinto e a razão.


publicado por V. Pimenta às 18:23
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 23 de Abril de 2004 às 23:28
o k é um Jericó??? Agradecia k me respondesses.. AbraçoNuno
</a>
(mailto:)


Comentar post