No centro do Isolamento
Quinta-feira, 29 de Abril de 2004
Teorias de Mim
Não sei porque insisto escrever
Só porque quero apressar a leitura
Dos pensamentos forçados
Que não possuo em clausura.
São coisas que não são minhas
Esculturas sob pressão, imperfeitas
Palavras que escrevo em ganância, pela pressão
Só p’ra me ver de mãos cheias.

O meu corpo estreita
E maior o esforço sobre-humano em mim.
Torno-me pedestal oco e frágil
Roído pela irresponsabilidade.
Uma térmita cínica e estúpida
Que tira ao suporte e sobrecarga o fardo

Venho cavando um túnel em mim
Numa espiral labiríntica, a angústia e o desespero
De um negativismo que não reconheço meu.
São mais fantasmas que exorcizo
Faces minhas, diamante em bruto
O fim do pensamento conscrito
Ao amo conciso e unilateral.
Sou uma mina interminável
De ar rarefeito, venenoso, sufocante
Mas será mais a surpresa do que sou,
Das coisas que não julgava ser.

Muitas vezes o que escrevo são definições minimalistas de mim
Quando faço do meu circo diário uma arena de narciso.
Quererei eu compensar nas letras o gigante que engrandeço
Com a pequenez que descarrego em poesia,
O rótulo minguante do meu ser?

Não é esta a vida que quero
Sinto que não estou cá,
Não devia sequer estar aqui
A olhar quem se encontrou ou resignou.


publicado por V. Pimenta às 15:01
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 3 de Maio de 2004 às 19:01
penso q a culpa disto é do tigre, é pá aparece!!!
abraçoJoão Rodrigues
(http://teoriazero.blogspot.com)
(mailto:agaethis@sapo.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Foz

momentâneos

Turvo

Turbilhão de nada

iguarias

A QUÍMICA E A FÍSICA DOS ...

Efémera

Excertos

Sentenças...

...

arquivos

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Novembro 2004

Outubro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds